Busca:

  Notícia
 
Cota para viagens de ministro do Supremo sobe para R$ 51 mil


O ministro Luiz Fux foi o campeão de uso da cota em 2017

Cada um dos 11 ministros do Supremo terá neste ano uma cota de R$ 51,6 mil para custear passagens aéreas nacionais. O auxílio pode ser solicitado sem a necessidade de justificar a natureza da viagem e pode ser feita  até mesmo no recesso. A Corte entende que os ministrospodem despachar eletronicamente de qualquer lugar do País.


 Em 2017, a cota era de R$ 50,4 mil por ano. Os ministros Cármen Lúcia, Marco Aurélio Mello e Celso de Mello não usaram a verba no ano passado. Luiz Fux foi o que mais requereu, R$ 47,2 mil, de janeiro a outubro, último dado disponível. Atual presidente do TSE, Fux fez 41 das 44 viagens compradas com a cota para o Rio, seu Estado, o que é permitido pelo Supremo. 

Mais Notícias

Um em cada 4 brasileiros usa wi-fi gratuito para acessar a internet
Barroso vai analisar pedidos de impugnação da candidatura Lula
Base de partidos que apoia Alckmin está dividida nos estados
Neymar é um dos campeões em publicidade nas redes sociais
Bahia tem o maior número de pessoas em situação de desalento
Desemprego entre jovens é mais que o dobro da taxa geral
Radialista que criticava políticos é morto em Riachão do Jacuípe
Camaçarico 17 de agosto de 2018
Ministério Público pede a impugnação da candidatura Caetano
Marina intensifica campanha no Nordeste de olho no voto de Lula


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL