Busca:

  Notícia
 
Cota para viagens de ministro do Supremo sobe para R$ 51 mil


O ministro Luiz Fux foi o campeão de uso da cota em 2017

Cada um dos 11 ministros do Supremo terá neste ano uma cota de R$ 51,6 mil para custear passagens aéreas nacionais. O auxílio pode ser solicitado sem a necessidade de justificar a natureza da viagem e pode ser feita  até mesmo no recesso. A Corte entende que os ministrospodem despachar eletronicamente de qualquer lugar do País.


 Em 2017, a cota era de R$ 50,4 mil por ano. Os ministros Cármen Lúcia, Marco Aurélio Mello e Celso de Mello não usaram a verba no ano passado. Luiz Fux foi o que mais requereu, R$ 47,2 mil, de janeiro a outubro, último dado disponível. Atual presidente do TSE, Fux fez 41 das 44 viagens compradas com a cota para o Rio, seu Estado, o que é permitido pelo Supremo. 

Mais Notícias

Haddad visita Nordeste na reta final da campanha
PSL de Bolsonaro defende juiz Moro para ministro do Supremo
Novo presidente terá mais de 25 mil cargos para indicar
Brasil é um dos campeões de descarte inadequado de lixo
Polícia adia conclusão do inquérito sobre morte de espanhol
Palocci acusa Lula de tentar combinar falso testemunho
Eleitores divididos entre renovação e rejeição, diz Datafolha
Rede hospitalar brasileira perdeu 23 mil leitos nos últimos 10 anos
Candidatos já gastaram mais de R$ 67 milhões com redes sociais
Bolsonaro segue com vantagem de 18 pontos sobre Haddad


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL