Busca:

  Notícia
 
Cota para viagens de ministro do Supremo sobe para R$ 51 mil


O ministro Luiz Fux foi o campeão de uso da cota em 2017

Cada um dos 11 ministros do Supremo terá neste ano uma cota de R$ 51,6 mil para custear passagens aéreas nacionais. O auxílio pode ser solicitado sem a necessidade de justificar a natureza da viagem e pode ser feita  até mesmo no recesso. A Corte entende que os ministrospodem despachar eletronicamente de qualquer lugar do País.


 Em 2017, a cota era de R$ 50,4 mil por ano. Os ministros Cármen Lúcia, Marco Aurélio Mello e Celso de Mello não usaram a verba no ano passado. Luiz Fux foi o que mais requereu, R$ 47,2 mil, de janeiro a outubro, último dado disponível. Atual presidente do TSE, Fux fez 41 das 44 viagens compradas com a cota para o Rio, seu Estado, o que é permitido pelo Supremo. 

Mais Notícias

MP aciona vereador Marcelino por contrato ilegal de R$ 500 mil
Decreto de Bolsonaro facilita a posse de arma de fogo
Inema questiona licença da prefeitura para condomínio em Camaçari
Empresa de familiares de Coronel cresce com contratos no estado
Sindicatos preparam a 1ª greve geral no governo Bolsonaro
Governador Rui Costa quer ajudar o governo Bolsonaro
Bandidos assaltam terreiro de Camaçari e agridem o pai de santo
Maioria é a favor da redução da maioridade penal no Brasil
Odebrecht usou PMs para transportar dinheiro da propina
Cesare Battisti vai cumprir prisão perpétua na Itália


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL