Busca:

  Notícia
 
Disputa entre planos de saúde é a saída para baixar mensalidade


Planos perderam 2,5 milhões de clientes em 2 anos, diz Leandro Fonseca, diretor-presidente da ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) quer estimular a competição entre operadoras de saúde e fazer com que empregadores negociem melhor o preço e a qualidade do plano ofertado aos funcionários. O custo dos planos no Brasil é crescente e chega a consumir hoje mais de 11% da folha de pagamento das empresas. Os planos empresariais representam hoje 66% do mercado. Em razão da crise econômica e do desemprego, mais de 2,5 milhões de pessoas ficaram sem planos nos últimos dois anos.


As empreses são as que contratam planos os grandes indutores da mudança de modelo assistencial. No Brasil, o empregador não é um ator muito ativo nessa discussão, diz o economista Leandro Fonseca, 43, diretor-presidente substituto da ANS, que está sem o titular desde maio passado. Para Fonseca, o financiamento da saúde é um debate que está faltando no país. Como vamos dar mais saúde à população? Cobrar mais impostos? Ninguém mais aguenta. Pagar mais mensalidade de plano de saúde? Ninguém mais aguenta, afirma. 

Mais Notícias

Gilmar Mendes nega recurso e Caetano fica inelegível
MP não quer uso de drones durante o carnaval de Salvador
TJ-BA compra mais leite em pó que toda rede municipal da capital
Quase metade dos baianos está com restrição de crédito
Previdência quer cobrar mais de quem ganha mais
Previdência vai pagar R$ 400 a idoso em extrema pobreza
Reforma da Previdência começa a tramitar no Congresso
Camaçarico 20 fevereiro 2019
Flamengo se recusa a indenizar vítimas do incêndio no alojamento
Jogador brasileiro é tratado como mercadoria, diz procuradora


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2019 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL