Busca:

  Notícia
 
Camaçarico 12 janeiro 2018


Indefinido  O PT de Camaçari, comandado pelo ex-alcaide e deputado federal Luiz Caetano, bate o martelo até a proxima semana, sobre candidatura a deputado estadual. Os vereadores Jackson Josué e José Marcelino aparecem como os nomes mais fortes. Outro reeleito no ano passado, mas que mostra sinais de desinteresse, é Téo Ribeiro.  


Indefinido 2 O outro nome da legenda, o deputado e candidato a mais um mandato, Bira Coroa, segue carreira solo e sem o apoio dos caetanistas e praticamente nenhum espaço no diretório municipal. Com dificuldades crescentes na sua principal base eleitoral e cidade onde construiu carreira, Bira precisa avançar  dos 4.418 votos de 2014, ou  assegurar a manutenção do reduto.


Indefinido 3 Com a deputada Luiza Maia fora da disputa de outubro, tanto Bira como o petista escolhido por Caetano vão disputar os  cerca de 15 mil votos  que a parlamentar conquistou no pleito de 2014. Mesmo com eleição difícil, Jacksom e Marcelino sabem que disputa oxigena mandato e reforça para a reeleição de 2020, isso sem falar na possibilidade de serem escolhidos para uma provável disputa  com o atual alcaide, Antonio Elinaldo (DEM). Nesse quinhão, que o PT espera manter, também aparece  o empresário e ainda sem pouso partidário definido, Raimundinho da JR, amigo de Caetano e com quem o petista deve fazer algumas alianças no estado. 


Pratinho Confirmada a candidatura a deputado federal do coronel PM, Alfredo Castro, bolo eleitoral de Camaçari ganha mais um convidado. O ex-comandante do 12º BPM e muito querido na cidade, tem até março para definir partido. Bolo com cerca de 166 mil votos,  números anteriores ao recadastramento biométrico, que pode reduzir de tamanho, tem como comensais já definidos o ex-alcaide e candidato a reeleição, Luiz Caetano (PT), o também parlamentar João Bacelar (Podemos) e o demista Paulo Azi, nome  que terá lugar de destaque na mesa graças à máquina municpal, agora sob controle de seu partido.


No freezer  Continua paradinha a ação de recriação do novo Conselho de Cultura de Camaçari, extinto no final do ano passado. Não existe a mínima possibilidade de realização de eleições para  escolha dos 9 conselheiros dos segmentos das artes e movimentos sociais , na próxima segunda-feira (15), como previa o edital publicado, não se sabe aonde, e sem nenhuma divulgação na imprensa. 


No freezer 2 Diferente do que manda a transparência com a coisa pública, edital definia os períodos de 7 de dezembro a 5 de janeiro para a inscrição dos candidatos a conselheiro e dos representantes de entidades e segmentos  da cidade interessados na habilitação como eleitor. Colegiado possui 23 assentos, sendo  que 14 são escolhidos pela  prefeitura ou  são ocupados por segmentois empresariais da cidade.


No freezer 3 A Coluna apurou que a falta de inscrição tem como motivos a desinformação de parte dos  candidatos e o boicote de grupos políticos contrários a atual gestão e insatisfeitos com o desmonte da antiga composição do colegiado, como mostrou o Camaçarico de 14 de novembro (Confira). 


Fantasia  A denúncia do Camaçari Agora, de descaso com a manutenção da reprodução em tamanho natural do poeta Castro Alves, mantida com a mão direita decepada, na área interna da Cidade do Saber (Confira), parece que surtiu efeito. Gestão mandou recolher o 'poeta', provavelmente para um serviço de colagem do membro destruído. Descuido dos burocratas da cultura camaçariense com representação do mais importante poeta baiano, lembra a atenção dada aos muitos anãozinhos de jardim, tomados pelo mato e em estado precário de conservação.


Pombinhos  A deputada Luiza Maia (PT) casa neste sábado (13) com o empresário e apresentador de TV, Tony Àvila. Ato religioso está marcado para às 15h, na catedral de São Thomaz de Cantuária, em Camaçari.  


Confira todas as Colunas acessando o link    http://www.camacariagora.com.br/camacari.php


João Leite - joaoleite01@gmail.com (Editor)


12/1/2018 

Mais Notícias

General teme infiltração do crime organizado nas Forças Armadas
Igrejas e times de futebol devem R$ 14 bilhões ao Fisco
Gilmar Mendes vira 'muso' de marchinhas de Carnaval
IPVA com desconto de 10% pode ser quitado até 7 de fevereiro
Jornalista nega racismo e fala sobre os medos da mídia tradicional
Temer descumpre meta do Minha Casa, Minha Vida
Mais da metade dos brasileiros quer uma imprensa imparcial
PT faz campanha para levar militantes ao julgamento de Lula
Salvador vai gastar cerca de R$ 55 milhões com Carnaval
Quase 19 mil empresas fecharam as portas na Bahia em 2017


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL