Busca:

  Notícia
 
Fabricação de veículos volta a crescer e gera mais empregos


Clique na imagem para ampliar o gráfico

O Brasil produziu no ano passado 2,7 milhões de veículos. Com a  expansão de 25,2% em relação ao volume alcançado em 2016, as fabricas de veículos criaram 5.518 vagas de emprego em 2017. De acordo com balanço da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (anfavea),  o setor conta com 126,6 mil trabalhadores no Brasil, 4,6% a mais que no fim de 2016. Números ainda estão longe do auge do setor, alcançado em 2013, quando 3,7 milhões de unidades saíram das fábricas, entre automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. 


Segundo a Anfavea, a GM segue na liderança pelo 2º ano, no segmento automóveis e comerciais leves, com 394 mil veículos produzidos em 2017, contra 345,8 mil em 2016. Também pelo 2º ano consecutivo ocuopando a vice-liderança, a FIAT produziu 291,3 mil, 13 mil amneos que em 2016. A VW é a 3ª com 272,1 mil, quase 44 mil veículos produzidos a mais que em 2016. Com produção de  206,7 mil veículos em 2017, um aumento de 26,5 mil veículos em relação a 2016, a Ford, que tem uma de suas unidades em Camaçari, sai do 6º lugar (2016) para o 4º lugar em 2017.  


O avanço com o crescimento das vendas ao consumidor brasileiro foi complementado com o aumento das exportações de 762 mil veículos ao em 2017, alta de 46,5% em relação ao ano anterior. Com isso, as exportações passaram a representar 28% da produção das montadoras em 2017, relevância que não se via desde 2005, quando a participação ficou em 30%. Nesse intervalo, as vendas ao exterior perderam importância porque o mercado interno não parava de crescer. Até que veio a crise econômica em 2015 e as montadoras instaladas no Brasil voltaram a dar mais atenção a seus clientes de outros países. O principal destino continua sendo a Argentina, que concentra 70% das exportações. 


A fabricação dos chamados veículos leves, que somam os segmentos de automóveis e comerciais leves e representam mais de 90% do setor, atingiu 2,6 milhões de unidades em 2017. O volume representa crescimento de 25% em relação a 2016.


Entre os pesados, a produção de caminhões somou 82,8 mil unidades no ano passado, aumento de 37% sobre o desempenho de 2016. No último mês, foram 7,4 mil unidades produzidas, avanço de 81,3% ante igual mês do ano anterior, mas recuo de 8,9% em relação a novembro. Com informações do jornal O Estado de São Paulo

Mais Notícias

General teme infiltração do crime organizado nas Forças Armadas
Igrejas e times de futebol devem R$ 14 bilhões ao Fisco
Gilmar Mendes vira 'muso' de marchinhas de Carnaval
IPVA com desconto de 10% pode ser quitado até 7 de fevereiro
Jornalista nega racismo e fala sobre os medos da mídia tradicional
Temer descumpre meta do Minha Casa, Minha Vida
Mais da metade dos brasileiros quer uma imprensa imparcial
PT faz campanha para levar militantes ao julgamento de Lula
Salvador vai gastar cerca de R$ 55 milhões com Carnaval
Quase 19 mil empresas fecharam as portas na Bahia em 2017


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2018 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL