Busca:

  Notícia
 
Ministério do Trabalho reconhece profissão de 'Baiana do acarajé'


Katita de Arembepe, é uma das cerca de 300 baianas do município

Baiana de acarajé  agora é profissão oficial reconhecida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). A categoria  agora integra a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), documento que reconhece e descreve as características das ocupações do mercado de trabalho brasileiro. Com o reconhecimento a baiana poderá registrar na sua  identidade a profissão de ‘baiana de acarajé’ e se cadastrar como microempreendedor individual. Números não oficiais  dizem que Camaçari tem mais de 300 baianas, pouco menos de 10% do total existente da capital baiana. As baianas já são reconhecidas como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico da Bahia (Iphan) desde 2005. 

Mais Notícias

Presidente do TJ-Bahia agora é Cidadã Camaçariense
Depoimento de ex-sócio complica o ex-gerente da Transpetro
Salvador é uma das campeãs em violência contra a mulher
Helder nega irregularidade apontada pelo Ministério Público
Celulares irregulares serão bloqueados pela a partir de 2018
Aumento na arrecadação de impostos melhora contas do governo
Justiça italiana condena Robinho a 9 anos de prisão por estupro
Pesquisa mostra crescimento na aceitação de Luciano Huck
Camaçarico 23 de novembro 2017
MP pede o bloqueio de R$ 3 milhões dos bens de Helder


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2017 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL