Busca:

  Notícia
 
Ministério do Trabalho reconhece profissão de 'Baiana do acarajé'


Katita de Arembepe, é uma das cerca de 300 baianas do município

Baiana de acarajé  agora é profissão oficial reconhecida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). A categoria  agora integra a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), documento que reconhece e descreve as características das ocupações do mercado de trabalho brasileiro. Com o reconhecimento a baiana poderá registrar na sua  identidade a profissão de ‘baiana de acarajé’ e se cadastrar como microempreendedor individual. Números não oficiais  dizem que Camaçari tem mais de 300 baianas, pouco menos de 10% do total existente da capital baiana. As baianas já são reconhecidas como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico da Bahia (Iphan) desde 2005. 

Mais Notícias

Vila de Abrantes comemora domingo emancipação de Camaçari
Bahia gera em agosto 2.400 postos de trabalho com carteira
Supremo manda para a Câmara denúncia contra Temer
Mortes por suicídio no Brasil aumentam 12% em 4 anos
Fundo partidário já distribuiu R$ 408 milhões este ano
Banco Central prevê inflação de 3,2% em 2017
Inspeção mostra que maioria das lanchas apresenta problemas
Justiça bloqueia bens da empresa dona da Cavalo Marinho
Camaçarico 21 de setembro2017
Justiça manda suspender cobrança de taxa na Feira de Camaçari


inicio   |   quem somos   |   gente   |   cordel   |   política e políticos   |   entrevista   |   eventos & agenda cultural   |   colunistas   |   fale conosco

©2017 Todos Direitos Reservados - Camaçari Agora - Desenvolvimento: EL